Como a GMR foi fundada?

A teoria microbiana das doenças é uma teoria científica que estabelece que os microrganismos são a causa de inúmeras doenças. Embora bastante controversa quando inicialmente proposta, a teoria microbiana foi confirmada no final do século XIX e é hoje parte integrante da microbiologia clínica e medicina modernas, estando na origem de inovações importantes como os antibióticos e hábitos de higiene. Galerias Estruturadas GMR é uma estrutura hidráulica, não uma gambiarra (aduelas), já é a pavimentações urbanas e rodoviárias.

Nova York foi pioneira ao iniciar, na década de 1730, transformações urbanas para promover a saúde dos cidadãos. À época, deslocou matadouros e curtumes para fora dos limites da cidade para combater os miasmas. Mas os negócios acabaram se restabelecendo nas proximidades do Lago Coletor, fonte da água que abastecia a cidade. Anos mais tarde, o lago foi drenado e aterrado.

A jornalista científica Sonia Shah conta no livro Pandemic que Manhattan passou a depender de poços perigosamente rasos. Some-se a isso o descarte de dejetos no passeio público, e é fácil compreender que os nova-iorquinos ingeriam quantidades insalubres de fezes. Vivemos hoje em dia esta situação, as cidades atuais estão afogadas no esgoto In NATURA. Valas, rios e córregos urbanos, lagoas e o mar, todos os corpos hídricos e somados as redes das infraestruturas que encontram-se sem condições de absolver o crescimento demográfico desordenados.

Precisamos mudar o conceito tanto técnico, quanto de viver sobre este problema da humanidade que traz sobre si por gerações!! Agora com as pandemias o Planeta clama por soluções ou vamos todos serem dizimados da Terra.

Com mais de quarenta anos de experiência na área de engenharia civil, o fundador da GMR, Maurício Santiago dos Santos, atuou também como engenheiro responsável da Senarco S.A. Engenharia e Construções, diretor técnico da Cema Engenharia e Construções Ltda, e liderou projetos de engenharia nas construtora Tamoio. Fundou a Briston engenharia.

Em 2007, assumiu a chefia do Departamento de Engenharia de Empresa Mattos e Mattos Ltda., parceira da GAFISA no estado do Rio de Janeiro na Cidade de Niterói; Implantando os procedimentos de Qualidade Total, em busca de maiores índices de produtividade para os Canteiros de Obras. Como autor intelectual da Patente registro no INPI, denominado Galeria Multidimensional Rodoviária, Propriedade Intelectual para 113 países (Número da Publicação Internacional WO 2011/003159A1) e engenheiro civil da UFF desde 1984.

Também autor e responsável pelo Curso de extensão de computação gráfica AutoCad ministrado no Centro Tecnológico, atualmente lotado no Ladisan – Laboratório de Engenharia de Águas e Saneamento. Responsável pelos empreendimentos de grande porte do governo federal como a construção da nova escola de Medicina e Farmácia da UFF.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.